quinta-feira, 25 de junho de 2009

Segurança na Internet


É, sem dúvida, um milagre tudo aquilo que a Internet nos veio proporcionar no mais variado número de aspectos. Nesta era tecnológica, de globalização, a Internet veio assegurar, entre muitas outras coisas, o acesso quase ilimitado e instantâneo de informação sobre os mais variados temas. No entanto, também traz os seus perigos. Principalmente relativamente aos perigos que as crianças estão expostas quando navegam na Internet.
Quando se fala em perigo, referem-se todos aqueles conteúdos nocivos que vão desde a pornografia, violência excessiva, racismo, entre muitas outras coisas. Também os chats, ou qualquer outra área de contacto, podem constituir um risco. Isto, devido ao facto de, pela sua natureza curiosa, as crianças ou adolescentes revelam, ingénuamente ou por aliciamento, dados pessoais a desconhecidos.
Num mundo em que assistimos a um consumismo compulsivo, outro dos perigos que se encontram na Internet são, sem dúvida, as agressivas estratégias de marketing, que têm como alvo precisamente os mais novos, uma vez que são mais influenciáveis. O problema aqui reside no facto de não existir uma fronteira entre a publicidade e conteúdo que pode levar os jovens a fornecer dados pessoais para uso comercial (basta um número de cartão de crédito).
Por fim, sendo uma janela para o resto do mundo, o facto é que a Internet também pode causar fenómenos de isolamento, que podem causar depressão, apatia, dificuldades de convivência social, etc.
Por todos estes motivos, torna-se necessário que os pais monitorizem a navegação na Internet por parte dos jovens e adolescentes. Existem vários programas concebidos para esse efeito, sendo que alguns dos mais cotados são os seguintes:

sábado, 13 de junho de 2009

Quadros Interactivos



Um Quadro Interactivo apresenta-se como um recurso e estratégia pedagógica relativamente inovador que está, sem dúvida alguma, a substituir totalmente os quadros negros na instituição escolar. Trata-se de uma superfície que reconhece a escrita electrónicamente e que necessita de um computador para funcionar. Assim, funcionam como um ecran de computador gigante, ao projectar-se a imagem do computador para o quadro, através de um projector externo. O computador pode, inclusive, ser controlado pelo quadro interactivo uma vez que existem sensores no quadro que, quando activados em diferentes locais, atraem o cursor do rato para esses mesmos locais.
Deste modo, o quadro interactivo pode ser utilizado nas Escola, substitutuindo os tradicionais quadros pretos, de modo a proporcionar aos alunos a visualização de software educativo, sites, etc., numa tentativa de tornar o processo pedagógico de ensino e aprendizagem mais interactivo. O Quadro Interactivo também permite aos alunos a possibilidade de resolver inúmeras tarefas e problemas no quadro, demonstrando, assim, o seu conhecimento numa matéria específica e, ainda, permitindo ao professor guardar material didáctico criado por eles próprios, para que possa, mais tarde, ser utilizado pelos alunos.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

WebQuests


As WebQuests apresentam-se como uma eficaz metodologia de trabalho para os alunos, sendo que também se assumem como uma notável possibilidade de desenvolvimento profissional para os professores.
Assim, em relação aos alunos, é possível afirmar que “os ajuda a lidar com as dificuldades inerentes à enorme quantidade de informação disponível na Internet, modelando as suas estratégias de pesquisa, selecção e avaliação e fornecendo-lhes o ambiente adequado para o desenvolvimento de outras competências básicas essenciais à sua integração plena na sociedade em que vivemos.” (Carvalho, 2006: 22).
Por outro lado, em relação aos professores, a utilização de WebQuests “permite usar novos recursos e equacionar novas formas de trabalho, com o que isso pode implicar em termos de questionamento e reestruturação das suas concepções e práticas educativas actuais.” (Carvalho, 2006: 23).
Consequentemente, a adopção desta metodologia de trabalho apresenta-se como pertinente até na própria formação de professores, pois visaria um melhor aproveitamento da utilização pedagógica das TIC, ou seja, “em vez de se perguntar quantos computadores existem nas escolas, como parece ser comum pelo menos do ponto de vista macro, poderiam encontrar-se respostas concretas sobre o que fazem verdadeiramente os alunos com eles.” (Carvalho, 2006: 23).

Bibliografia:
Carvalho, Ana Amélia A. (org.) (2006). Actas do Encontro sobre WebQuest. Braga: CIEd.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Delicious


Delicious é um site que proporciona um serviço on-line que permite que o utilizador adicione e pesquise bookmarks sobre qualquer assunto. Mais do que um mecanismo de pesquisa para encontrar o que se quiser na web, ele constitui uma ferramenta para arquivar e catalogar os sites preferidos de qualquer utilizador, para que este possa ter acesso a eles em qualquer lugar, sendo esta a grande vantagem do site. Permite, ainda, compartilhar os bookmarks com outros utilizadores e visualizar os favoritos públicos de vários membros da comunidade.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Windows Movie Maker: o que é? Exemplo de um video elaborado neste software.

O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos compilado juntamente com a instalação do Windows. É um programa simples e de fácil utilização, o que permite que pessoas sem muita experiência em informática possam adicionar efeitos de transição, textos personalizados e áudio nos seus filmes.
Este editor de vídeo permite fazer, editar e desenvolver filmes caseiros, permitindo que os utilizadores criem efeitos nos seus videos além de poderem adicionar musicas a apresentações e efeitos, etc.
O Windows Movie Maker mostra-se, deste modo, como uma ferramenta bastante útil não só para os alunos, como para os próprios professores na sua actividade profissional, enquanto estratégia pedagógica.

video

Este vídeo procura, de forma muito sintética, demonstrar as vantagens e benefícios da utilização das novas tecnologias, nomeadamente as tecnologias educativas no processo de ensino. Isto, devido a uma evolução tecnológica cada vez mais acelerada que se verifica em toda a nossa sociedade, e de que as gerações mais novas usufruem. É um facto incontestável que as novas tecnologias estão completamente inseridas no nosso dia-a-dia. E, portanto, também na Escola.
Concluindo, a mensagem principal que este vídeo tenta passar é a de que é necessária uma renovação escolar no processo de ensino, de forma a permitir que a Escola acompanhe o progresso da sociedade.